SOS O Cérebro na Praça: O importante é compartilhar conhecimento

A parceria da Casa da Ciência na VII Semana Nacional do Cérebro incluiu a participação de alunos no evento “SOS O Cérebro na Praça”. Aconteceram apresentações de teatro, fanzines, e pôsteres e painéis produzidos por eles, em evento ocorrido no último sábado, 18, na praça XV de novembro, em Ribeirão Preto.

A Semana Nacional do Cérebro (SNC) é um esforço coletivo de popularização dos conhecimentos oriundos das neurociências, e incluem atividades lúdicas e interativas em todo o Brasil, no mês de março, com universidades, hospitais e outras organizações. O evento “SOS O Cérebro na Praça”, em Ribeirão Preto foi organizado pela equipe do professor Norberto Garcia-Cairasco (FMRP/USP).

Fanzine e teatro

Para o público que se aproximava foi uma oportunidade de conhecer as atividades da Casa e a produção de fanzine dos alunos do Adote um cientista, que estavam acompanhados das professoras Roberta Maria M. de Souza e Rosimeire T. Monsalve. “É uma coisa bem legal, pois estou mostrando sobre algumas coisas que eu gostei de fazer e quero incentivar as pessoas a fazerem também”, afirmou Mariah Eduarda, de Luiz Antônio. “Com essa abordagem fica mais fácil de ler e entender, tanto para um leigo, como para os que já conhecem essa linguagem”, afirmou Julio Cesar, estudante de cursinho que parou para ver a mostra.

Já os alunos de Pradópolis fizeram a apresentação da peça “O encantador de neurônios”, em dois horários durante o dia.  A peça inclui uma paródia cantada pelos alunos, acompanhados do violão. Para Thiago Pereira, o mais importante foi a capacidade de entender o roteiro e atuar. “É gratificante quando sai conforme a gente planeja. Na peça explicamos o que é empatia no nosso cotidiano. Quando bocejamos e sorrimos, por exemplo, reflete na gente e reagimos na mesma forma”.

O resultado foram alunos envolvidos e dispostos a contar o que sabiam. “O mais importante é compartilhar conhecimento com outras pessoas”, afirmou Daniel dos Reis, de Pradópolis. “Uma experiência nova, a gente pode mostrar o que a gente aprende na Casa. Vamos levar para o resto de nossas vidas”, disse Adriel, da ETEC Ribeirão Preto.

Para Marisa Barbieri, coordenadora da Casa da Ciência, “o ponto alto é o interesse e alegria das meninas e meninos em ter o que apresentar. Oportunidades de perceber sua capacidade e de aprender para o futuro”.

Apresentações:

Grupo de teatro: Thiago Pereira, Daniel dos Reis, Mariah Eduarda, Eloisa Fernandes e Lavínia Marinho (Constante Ometto e Sérgio Rosetti, de Pradópolis), e Adriel Silva da (ETEC de Ribeirão Preto).

Fanzine: Julia Lima, Fernanda Araújo, Ezequiel, Mariah, Graciella dos Santos, Gabriela Aparecida, Gabriella Mesquita, Iasmim Souza, João (Cel Arthur Pires e CEEA, Centro de educação Espaço Aprendiz, de Luiz Antônio), e Natânia N. de Macedo (EE Jardim Paiva II).

Painéis do Pequeno Cientista: “Introdução à neurociência”: João Carlos Bertolini, (Colégio Queiroz Brunelli), e Bionda Pereira, Gabriela Aparecida e Gabriella Mesquita (Luiz Antônio)

Pôsteres Saltimbancos, sobre experimentos na escola: Natânia N. de Macedo (EE Jardim Paiva II)

 

Texto e entrevistas: Gabriella Zauith

Revisão: Caio M.C.A. de Oliveira

%d blogueiros gostam disto: