Tarde de discussão científica marca encontro do Adote um Cientista na SNCT

O programa Adote um Cientista recebeu uma atividade especial na tarde do dia 16 de outubro. O encontro intitulado “O Principal da Ciência…” fez parte da 11ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) e reuniu professores da Universidade de São Paulo (USP) numa conversa com os alunos do programa. A atividade trouxe uma discussão sobre o desenvolvimento da ciência e os resultados de um estudo epidemiológico pioneiro no Brasil e conduzido há mais de 35 anos pelo Prof. Dr. Marco Antonio Barbieri e pela Profa. Dra. Heloisa Bettiol.

 

 

Abertura

A Profa. Dra. Marisa Ramos Barbieri, coordenadora da CASA, iniciou o encontro falando sobre a necessidade da parceria da educação com a pesquisa para o desenvolvimento de programas como o Adote um Cientista e também para aprender a construir sua memória por meio do registro e atingir a divulgação dos resultados alcançados. “A história escrita não morre”, finalizou.
A abertura da atividade foi realizada pelo Prof. Dr. Dimas Tadeu Covas, diretor presidente do Hemocentro de Ribeirão Preto, que iniciou sua fala instigando os alunos: O que é ciência? O diálogo com os jovens passou pelos processos que envolvem a ciência – como a observação, a hipótese e a comprovação -, para isso, o professor utilizou exemplos de trabalhos de importantes nomes da ciência como o grego Ptolomeu, o italiano Galileu Galilei e o alemão Albert Einstein. “As verdades da ciência existem, mas estão sempre sendo aperfeiçoadas. Essa é a característica, talvez maior, da ciência”, esclareceu.

 

 

A criança é o pai do homem

O quê os estudos conduzidos com a criança podem dizer sobre a saúde do homem na vida adulta? Essa questão foi apresentada e discutida por dois convidados especiais, os pesquisadores Prof. Dr. Marco Antonio Barbieri e Profa. Dra. Heloisa Bettiol do Departamento de Puericultura e Pediatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP). Os professores apresentaram os resultados de pesquisas que realizaram a partir de uma parcela da população de Ribeirão Pretonascida no período de 1978 a 1979, reconhecido como o primeiro estudo de coorte de nascimento em acompanhamento no Brasil.

 

 

 

Explicando como é conduzido e o tempo necessário para este tipo de estudo epidemiológico, os professores falaram dos momentos (coorte) em que avaliaram os sujeitos da pesquisa ao longo dos anos – durante a infância, na adolescência e na vida adulta. As análises dos dados indicaram que bebês nascidos de cesárea apresentam 58% mais chances de ter IMC (Índice de Massa Corpórea) acima do normal – estabelecido entre 18,5 e 25 pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e determinado pela razão entre o peso (em quilos) e a altura (em metros) elevada ao quadrado. Este achado levantou a hipótese de que esses indivíduos poderiam apresentar desequilíbrio na microbiota do intestino, que é formada por bactérias produtoras de proteínas que protegem o organismo.

 

Os professores explicaram que, durante o parto normal, o bebê passa pelo canal vaginal da mãe e recebe bactérias que colonizam o seu intestino. E foi constatado que os nascidos por cesariana, assim como os obesos, apresentam menos bifidobactérias – bactéria anaeróbica que atua como um probiótico beneficente para a saúde humana.

Com diversas perguntas dos alunos, os professores Heloísa e Barbieri apresentaram também as relações do tamanho ao nascer e sua associação com a hipertensão, o fumo na gravidez e a cefaleia na idade escolar. O texto completo sobre este dia especial do programa você confere no Adote em Pauta que estará no ar em breve.

 

 

Adote um Cientista

O Adote um Cientista é o principal programa educacional da CASA e está completando 10 anos de existência. Desde 2005, semanalmente, seus participantes – alunos e professores do ensino básico – se encontram com pesquisadores para conhecer e aprender sobre as pesquisas que são realizadas na universidade.

 

SNCT

A Casa da Ciência participa desde 2004 da SNCT, que é um evento coordenado por órgãos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação em parceria com entidades educativas de todo país. Este ano, a SNCT aconteceu entre os dias 13 e 19 de outubro e promoveu atividades de divulgação, de difusão e de apropriação social de conhecimentos científicos e tecnológicos relacionados ao tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”.

Confira as fotos do encontro:

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.374483536054335.1073741837.128037574032267&type=3

%d blogueiros gostam disto: