21º Mural

O encerramento das atividades do primeiro semestre ocorreu na tarde do dia 25 de junho de 2015, com o Mural da Casa da Ciência. O evento, que chegou à sua vigésima-primeira edição, marca não apenas a pausa dos encontros semanais do programa Adote um Cientista (que retornam em agosto!), como também os avanços e resultados obtidos pelos grupos de investigação científica do programa Pequeno Cientista.
Nessa edição, 12 grupos temáticos orientados por 21 pesquisadores-colaboradores apresentaram os resultados obtidos ao longo de 10 encontros semanais (com cerca de uma hora de duração), discutindo temas que passam por diversas áreas do conhecimento científico, tal como neurociência, biologia celular, psicologia, comportamento animal, anatomia e ciências biomédicas.
Além dos alunos e dos pesquisadores que participaram do programa ao longo do semestre, o evento contou com a presença de pais, professores, colaboradores e a equipe da Casa.

O grupo Comunicação Animal mostrou que os animais se comunicam utilizando as estratégias mais apropriadas para seu habitat. Os alunos exibiram os resultados que obtiveram a partir de uma observação sistemática da comunicação em diferentes animais, como cachorros, gatos e formigas.

(Orientadora: Adriana Sicuto)

 

Os membros do grupo Osso: Conheça a Estrutura e Alterações na Osteoporose destacaram não somente os aspectos envolvidos nessa doença que acomete considerável número de pessoas no mundo, como também mostraram um pouco mais sobre a estrutura dos ossos e seu papel na sustentação e na proteção do nosso corpo.

(Orientadores: Ariane Zamarioli e Maysa Campos)

 

Os alunos do grupo Experimentação na Escola mostraram experimentos clássicos da ciência, envolvendo conceitos da óptica e da dinâmica de fluidos, questionando as possíveis explicações para os resultados.

(Orientador: Ricardo Couto)

 

 

Pequenas Doses de Neurociência foram apresentadas a quem passou por esse grupo. Na apresentação, foram destacados vários aspectos da neurociência, como por exemplo as bases neurais e moleculares da doença de Alzheimer. 

(Orientadores: Gérson Silva S Neto e David A Casilimas Diaz)

Os alunos que estudaram Neurociência e Saúde Mental destacaram as diferenças entre a depressão e a tristeza. Apresentando seus resultados de forma bastante dinâmica, o grupo propôs, inclusive, uma escala para determinar se o indivíduo estaria com depressão ou não, elaborada e baseada a partir do material discutido ao longo dos encontros.

(Orientadores: Nayanne Bechmann Bosaipo e Victor Rodrigues Santos)

O grupo Descobrindo o Mundo das Bactérias deu uma verdadeira lição de ciência! Os alunos explicaram um pouco mais sobre as bactérias e seu importante papel na manutenção da vida. Além disso, trouxeram placas de Petri com culturas de bactérias e explicaram um experimento que fizeram no laboratório, quando constataram que uma moeda tem menos bactérias do que o nariz humano! Os alunos elaboraram uma hipótese, desenharam um procedimento experimental e, a partir dos resultados obtidos, discutiram o papel desses seres microscópios na natureza.

(Orientadores: Geraldo Aleixo da Silva Passos, Ernna Hérida Domingues de Oliveira e Larissa Cotrim de Sousa)

Os alunos do grupo Variações Anatômicas e Patológicas no Esqueleto Humano: Estudo por exames de imagem discutiram os diferentes planos anatômicos, essenciais para estudos da anatomia humana, e diversos aspectos relacionados ao esqueleto humano: o que são vértebras, quais os tipos de colunas, etc.

(Orientadores: Rafael Reis, Vitor Dalto, Lucas Pereira e Gustavo Bonugli)

 

A Percepção Visual no Entendimento da Anatomia Humana mostrou diversos modelos anatômicos que foram montados (e desmontados, ao simularem cortes anatômicos nos modelos de massinha mostrando a estrutura interna do corpo humano) pelo próprio grupo, que estudou questões como percepção visual, modelagem e anatomia.

 (Orientador: Carlo Rondinoni)

Já o grupo O sangue e sua importância no organismo mostrou os tipos celulares presentes nesse tecido, a função de cada um, sua importância e também como um hemograma é feito.

(Orientadora: Maira da Costa Cacemiro)

Células tronco hematopoiéticas, folhetos embrionários e a medula óssea foram conceitos apresentados pelo grupo Ontogenia das Células do Sangue, que também trouxe interessantes aspectos do sistema imunológico.

(Orientadores: Everton de Brito Oliveira Costa e Priscilla Carnavale Ferreira)

Já os alunos do grupo Neurobiologia e Arte se perguntaram ao longo de todo o semestre “por que gostamos tanto de música?” E a resposta, tão interessante quanto complexa, passava por diversos conceitos da neurociência, desde a anatomia do cérebro humano até mecanismos cognitivos complexos, como percepção e as emoções.

 (Orientador: Milton Ávila)

Os integrantes do grupo Cultivando Células em Laboratório mostraram as diversas etapas do cultivo celular, os conceitos por trás dessa técnica e também trouxeram um pouco do cotidiano laboratorial, mostrando equipamentos, medidas de segurança e procedimentos básicos.

(Orientadora: Lilian Figueiredo Moreira)

 

%d blogueiros gostam disto: