Estudo da prevenção da asma

Prevenção da Asma

Afinal, o que é Asma? Como ela é causada? E como se manifesta? Na conversa direcionada pela mestranda Vanessa Maciel da Fonseca, questões como essas foram levantadas a fim de entender melhor essa doença de quatros letras que acomete milhares de pessoas.
Você já se perguntou como surge aquele chiado no peito parecido com o barulho de um gatinho? Bom, esse chiado tem nome próprio e responde por Asma. De acordo com Vanessa, a Asma é uma doença inflamatória crônica caracterizada pela limitação de fluxo aéreo, dificuldade do ar passar pelo brônquio, hiper-responsividade das vias aéreas e remodelamento brônquico.
Quais os índices dessa doença? Por mais incrível que possa parecer, a Asma tem maior prevalência em países desenvolvidos, atingindo de 1 a 38% da população. Já no Brasil, o índice é 18 a 27%, e os estudos mostram que o crescimento da doença aconteceu nos últimos 20 anos, acometendo principalmente crianças e comunidades mais urbanizadas. No mundo, os países Brasil, Peru, Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia são os que registram as maiores taxas de asmáticos.

A doença pode ser adquirida em decorrência de fator genético, poluição ambiental, pelos de animais, vírus, ácaro, produtos de limpeza com cheiro muito forte, poeira doméstica e até mesmo o pólen das flores. Apesar das várias formas de aquisição da doença, o tratamento ainda não dispõe de muitas opções. Vanessa cita que atualmente, as medidas para tratamento da Asma se dividem em educacionais e medicamentosas.

Na primeira, o objetivo é reeducar o comportamento do paciente de modo que ele não desencadeie a crise asmática, ou seja, apresentar ao paciente mudanças nos hábitos do dia a dia, alterar os locais frequentados rotineiramente. Já a tradicional forma medicamentosa é à base de broncodilatadores, mais conhecidos como bombinhas, e o corticosteroide, que tem apresentado efeitos colaterais, como aumento de peso e glaucoma.

Outra forma, ainda em estudo, para tratamento são os probióticos. Pensando nessa nova proposta, como alguns alimentos, como os leites fermentados, podem contribuir para o combate da Asma?

Durante a palestra, Vanessa ainda aborda outro assunto bem ligado ao tema discutido: a Teoria da Higiene. Você já ouviu falar sobre esse estudo aparentemente maluco, surgido em 1989? Por acaso você sabe quando é que a limpeza se torna algo “ruim” para o Sistema Imunológico do corpo humano?
Você já se perguntou por que as crianças que moram na fazenda têm menos chances de desenvolver Asma ou doenças alérgicas? Como as brincadeiras desenvolvidas na infância podem ajudar na “defesa do organismo”?
Quer saber as respostas para todas essas perguntas? De maneira clara e descontraída, Vanessa traz uma palestra recheada de conteúdo e curiosidades. Confira na íntegra no vídeo abaixo.

Texto por Crislaine Messias
Revisão por Bárbara Benati

Este slideshow necessita de JavaScript.