Ciência e arte se unem nas atividades do Adote

Jalecos, tubos de ensaio com líquidos fosforescentes, cabelos arrepiados. A desmistificação da figura do cientista é de extrema importância para aproximar e fazer a fusão do ensino com a pesquisa. Visando isso, as atividades propostas pela Bárbara Benati e pelo Caio M. de Oliveira nas últimas semanas tinham exatamente este objetivo e, unindo ciência e arte, abordaram a visão dos alunos com relação ao cientista.

Na atividade ‘Quem é o Cientista?’ proposta pela Bárbara Benati, os alunos deveriam criar uma história em quadrinhos colocando-se como o protagonista a partir da proposta abaixo, e escrever um pequeno parágrafo explicando quais ideias sobre quem é o cientista foram inspirações para o desenvolvimento da história.

Proposta:

Você foi convidado para assistir uma palestra intitulada “Como ser um cientista” para alunos do Ensino Médio e Fundamental. Lá o palestrante explica como é a rotina diária de um cientista (de manhã, às 22h ou aos fins de semana, por exemplo), quais são suas principais preocupações, o que fazer para se tornar um cientista e quem pode se tornar um. Relate na sua história em quadrinhos o que você acha que o palestrante diria.

Confiram as histórias enviadas pelos alunos:

A atividade “Como se tornar um cientista?” foi proposta pelo Caio M. de Oliveira e trazia vídeos do ‘Fala Cientista’ como material de apoio. Os alunos deveriam assistir aos vídeos indicados e escrever um texto sobre o que é preciso fazer para se tornar um cientista/pesquisador.

Confiram os textos dos alunos:

Imagem da Capa: Azeheb

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp