Como criar um laboratório em casa

No dia 27 de março de 2014, o mestre em entomologia Vinicius Moreno Godoi conversou com os alunos do Adote sobre meios de elaborar e realizar experimentos em casa. Mas como fazer isso sem ter as ferramentas encontradas em um laboratório convencional, com vidrarias e demais equipamentos? Vinicius apresentou algumas saídas criativas e baratas para criar um mini laboratório a partir da reciclagem de objetos e destacou que a experimentação pode provocar curiosidade e ajudar na formulação de perguntas e hipóteses.

Vinicius contou como a observação de um simples ímã de geladeira atraindo uma porção de terra ao cair no chão causou perturbação nele quando ainda era pequeno, fato que o fez buscar respostas para entender o acontecido – como relacionar polaridade e a composição de diferentes tipos de solo. Ele revelou que sua pesquisa resultou no prêmio da Feira de Ciência daquele ano com o projeto de carrinhos movidos a imã, demonstrando que um experimento pode ser iniciado a partir de observações simples.

 

Aluno: “Por que os ímãs de terras raras (neodímio) podem destruir o conteúdo de um disco rígido (HD) de um computador ou de umpen drive apenas ao encostar ou ser passado perto?”.

Aluno: “Os ímãs têm ações diferentes sobre os inúmeros materiais… Será que o ímã pode ter alguma ação sobre o ferro que constitui nosso sangue? Já que o ferro tem uma forte atração por ímã”.

 

Durante o encontro, os alunos puderam conferir alguns exemplos de como construir ferramentas caseiras para realizar experimentos. Os jovens viram que a tecnologia do celular não funciona só para envio de mensagens, ela também pode ser utilizada como lupa. O especialista também mostrou um microscópio confeccionado com lentes retiradas de aparelhos quebrados e um celular.

Um aparelho que chamou a atenção dos alunos foi o gerador de Van de Graaff. Construído pelo palestrante com recipientes circulares de metal, a máquina acumula carga estática e serve para o estudo da eletrostática como descargas em gases a alta pressão, explicando a ocorrência de relâmpagos e trovões.

 
Imagem: 1 e 2 – Microscópio caseiro (150x) e detalhe do aumento com um esporófito; 3 – Pilha de batata; 4 Gerador de Van de Graaff; 5- Experimento de soluções. Crédito das fotos: Vinicius Moreno Godoi.

Essas invenções podem incentivar os hábitos de investigação e questionamentos, formando caminhos alternativos e acessíveis para a construção de instrumentos próprios de investigação, estimulando a criatividade e proporcionando ao aluno a chance de realizar observações do cotidiano e se aproximar da pesquisa.

 


Espaço dos alunos

A partir da análise das filipetas do encontro, a equipe da Casa da Ciência produziu este infográfico destacando as principais dúvidas manifestadas pelos alunos e os principais conceitos aprendidos no encontro. A finalidade deste instrumento é a avaliação dos momentos de aprendizagem do aluno e valorização da sua dúvida.

 

 

Deixe uma resposta