O Barbeiro de Chagas

Carlos Chagas saiu de Minas Gerais para formar-se médico pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. De volta à sua terra natal, foi encarregado de pesquisar sobre a malária, entretanto, com perspicácia e uma boa dose de observação, desvendou todos os elos da cadeia epidemiológica de uma doença até então desconhecida. Assim, a Doença de Chagas apareceu para os olhos da sociedade, de uma maneira inédita na medicina: nunca antes alguém havia descrito uma doença por completo, incluindo hospedeiro, vetor, agente infectante e ciclo epidemiológico. Deste modo, Carlos Chagas veio a se tornar um dos grandes nomes da ciência brasileira.
Este vídeo foi produzido a partir da apresentação de uma peça de teatro que foi apresentada durante o programa “Eu na USP jr”, da pró-reitoria de Cultura e Extensão da universidade, que aconteceu em fevereiro de 2010. O programa aconteceu no Hemocentro de Ribeirão Preto, e foi realizado pela equipe da Casa da Ciência.
A produção apresenta o hipotético diálogo entre Chagas e o inseto vetor e como a sagacidade do médico sanitarista foi importante para a descoberta do mal que atormentava os moradores das casas de pau-a-pique. Além disso, mostra um barbeiro danado de fome, que aceita sangue de todo tipo. O roteiro foi escrito por Ádamo Siena (Carlos Chagas) e Daniele Viola (Barbeiro), ex-alunos da Casa da Ciência.

Deixe uma resposta