Por que somos todos mutantes?

O grupo Por que somos todos mutantes tem como objetivo inferir o papel das mutações genéticas na aquisição de resistência bacteriana. Para fundamentar ainda mais o estudo, os alunos já fizeram aulas práticas de extração de DNA e PCR e visitaram a sala de cultura e plaqueamento de bactérias e já tiveram também aula prática para análise bioinformática de mutações, ou seja, análise de sequenciamento.

Em relação aos resultados apresentados pelo grupo, os orientadores afirmam que os alunos têm assimilado os termos científicos da área, como o que é PCR, o que é mutação, como a seleção natural ocorre, entre outros.  ”Esperamos que, ao final do curso, os alunos sejam capazes de interligar esses conhecimentos para compreender os mecanismos de mutação genética, assim como o andamento de um projeto de pesquisa científica”, disseram os orientadores.

 

Sobre o grupo….

De acordo com os orientadores, os alunos, desde o início, mostraram-se bastante participativos, fazendo muitas perguntas. Como parte do avanço dos estudantes, é possível identificar que os alunos já sabem conceituar alguns dos assuntos abordados. “Os alunos já sabem conceituar “mutação” como uma alteração no DNA, que pode ser benéfica ou não”.

Sobre as dúvidas apresentadas ao longo dos encontros os orientadores explicam que elas geralmente são relacionadas à curiosidade ou assuntos voltados indiretamente ao conteúdo. “Já foi perguntado, por exemplo, qual seriam os papéis das proteínas e se a seleção natural ocorre de fato”, completa.

Orientadores:

Ádamo Davi Diógenes Siena

Danielle Barbosa Brotto

Diana Oliveira Ribeiro

Isabela Ichihara de Barros

Igor Lopes Coqueiro

Renato M.R De Lucca

 

Alunos:

Bryan Lucas Quaglio Cândido

Cosma Martins de Sá

Fernando Henrique de Araújo

João Carlos Bertolini Filho

João Wellington Santana Barbosa

Júlia Lima Guimarães

Maria Clara de Oliveira Fernandes

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: