Por uma gota

Interpretando e parodiando músicas conhecidas, alunos encenaram a peça “Por uma Gota”. Os jovens se apresentaram no dia 7 de dezembro durante o Mural, atividade de encerramento do programa “Adote um Cientista e também no I Fórum de Neurociências e Educação, que aconteceu no dia 10 de dezembro. 
 
A peça tem como objetivo esclarecer algumas dúvidas sobre a doação de sangue, por isso, mostra três personagens com doenças sanguíneas que se unem para esclarecer algumas características de suas enfermidades e difundir a importância da doação de sangue. 
 
Os alunos-atores são da escola estadual e municipal Nestor Gomes de Araújo de Dumont, e às quartas-feiras frequentaram o grupo temático de células sanguíneas, orientados pela supervisora do Laboratório de Terapia Celular do Hemocentro, Maristela Delgado. Às sextas-feiras, esse mesmo grupo se reunia na oficina teatral organizada pela Casa da Ciência. Nestes encontros, os jovens participaram de atividades relacionadas à ciência e exercícios de interpretação e expressão corporal.
 
 
As oficinas foram orientadas por Ádamo Siena – graduando em ciências biológicas pela Unesp de Jaboticabal – e Daniele Viola – graduanda em educação física pela USP de Ribeirão Preto. Ádamo atuou nas peças “Agonia de uma célula” e “Relíquias do Sangue e Sara”, produzidas pela Casa da Ciência. Daniele, atuou nas duas produções e cursa iniciação teatral no Ribeirão Em Cena.
teatro (39)


No final da apresentação os atores explicam as implicações da doença de cada personagem: