A VIDA DOS INSETOS PARASITAS

Vídeos relacionados:

– Entomologia – Estudo dos Insetos

– Insetos zumbis

– História evolutiva da Doença de Chagas

Um parasita é um inseto que se beneficia dos recursos de outro que são conhecidos como hospedeiros, esses parasitas são de total dependência do seu hospedeiro, geralmente o hospedeiro permanece vivo. O parasitismo é uma das funções dos insetos, um inseto que é um parasita é o barbeiro, porque ele necessita de sangue, que possui componentes que são necessários para o seu desenvolvimento, e o barbeiro (triatomíneo) é considerado um parasita porque ele não mata o seu hospedeiro.

Houve uma coevolução dos parasitas e hospedeiros, os insetos parasitas se adaptaram as características do hospedeiro, em aspectos morfológicos, fisiológicos, reprodutivos e comportamentais. Os barbeiros são predadores, mas existem barbeiros que são fitófagos e hematófagos, por conta do processo evolutivo, houve mudança anatômica nas peças bucais, para diferentes tipos de barbeiros que possuem outras práticas alimentares.

A infecção humana do parasita barbeiros aconteceu a centenas de anos atrás, nos povos Andinos que praticavam a expansão da agricultura e cultivavam os roedores e para a expansão da agricultura os andinos desmataram algumas áreas, o que contribuiu para a perda de habitat de vários insetos como os barbeiros. Mas há relatos de múmias que tinham características de infecções do barbeiro.

Os barbeiros infectaram aproximadamente 7 milhões de pessoas no mundo, e muitas ainda vivem em áreas de risco. Os barbeiros picam seus hospedeiros e eliminam fezes no local que penetram pelo orifício que ali deixou, mas a contaminação pode ocorrer por transfusão de sangue contaminado e durante a gravidez, a mãe passa para o filho.

Maria Livia Gomes da Silva – ETEC José Martimiano da Silva – 2º Ano do Ensino Médio

Publicações Relacionadas

Comentários