ÊNFASE À CIÊNCIA

Perante a vídeo-aula (O que é verdade?) Da Casa da Ciência, podemos questionar sobre o que pode ser considerado verídico a partir de Métodos científicos, que mais precisamente são a lógica aplicada à ciência. Contudo, daremos ênfase aos seguintes métodos científicos: Método Indutivo, Método dedutivo e ao Método hipotético-dedutivo. Para uma maior compreensão sobre os referidos métodos científicos, iremos dizer as características de cada um destes métodos.
Método Indutivo: É o raciocínio que, após considerar um número suficiente de casos particulares, conclui uma verdade geral;
Método dedutivo: Consiste na extração de uma verdade particular a partir de uma verdade geral na qual ela está implícita;
Método hipotético-dedutivo: Este método consiste na criação de hipóteses que serão testadas quanto a sua validade. Contudo, se a hipótese passar por vários testes de validação, temos um indício forte de como explicar um fenômeno.
Diante desta breve explicação sobre como uma verdade é considerada verídica a partir da utilização de Métodos científicos, daremos continuidade as vídeos-aulas da Casa da Ciência, desta vez, teremos um embasamento em relação as vídeos-aulas ( Neurotransmissão – a comunicação neural que dá química eletrizante e sobre os Neurotransmissores – chave da comunicação sináptica) . Sendo assim, falaremos sobre a neurotransmissão e sobre os Neurotransmissores, mediante, uma breve relação entre ambos.
Os neurotransmissores são mensageiros químicos que transportam, estimulam e equilibram os sinais entre os neurônios, ou células nervosas e outras células do corpo. Portanto, a partir de uma sinapse os neurotransmissores são liberados e se ligam aos receptores de outro neurônio. Os neurônios que liberam os neurotransmissores são chamados de neurônios pré-sinápticos, os neurônios que recebem sinais dos neurotransmissores são chamados de neurônios pós-sinápticos.

Vitória Regina Benvindo Grava – E.E. Carlos Gomes – 1° ano do Ensino Médio

Publicações Relacionadas

Comentários